Paisagem Sonora da Ilha Cabu

Por que uma Ilha?

A ilha é um lugar que está, ao mesmo tempo, limitada pelo mar, cercada de água e isolada mas, também tem em seu horizonte, a abertura da imensidão do mar (mundo). Pode-se discutir, neste espaço geográfico, se o jogo digital é ou não um mundo fechado.


Ilhota 01: Jogo

Lugar de risco, do desconhecido.

Uma regra inicial (baseado na ideia de regra mínima) e outras vão surgindo a partir do jogar o jogo. Paisagem sonora com momentos de tensão, risco, certo medo, mas também de outros que denotam coragem, audácia.

Também comporta sonoramente a repetição em loop, dada a eterna busca que fazemos na vida, uma maneira de esquecermos de nossa impossibilidade atingir nosso alvo.


Ilhota 02: Autoria

Lugar mais introspectivo, reflexivo.

Lugar de dois movimentos, gerando um terceiro:

1º – colher informações
2º – relacionar informações
3º – criar uma informação/reflexão (a partir das informações colhidas)

que coloca o jogador adiante no jogo (faz progredir o jogo).

Nesse espaço, faz-se também um reconhecimento a diferentes formas de transmissão cultural, aos diversos suportes e formas de linguagem que nos foram legados.


Ilhota 03: Produção de Conhecimento

Possui uma relação muito estreita com a Ilhota 02. 

Feito o movimento de Autoria, ocorre consequentemente, a produção de conhecimento.

Lugar de liberdade, de riqueza de ideias, de criatividade e movimento.

Sons alegres, os quais indicam a emoção da descoberta.


Ilhota 04: Linguagem Hipermídia

O que ela tem a ensinar à produção de conhecimento, para a própria noção tradicional de “produção de conhecimento” tenhas de ser pensada?

A produção em linguagem hipermídia contribui para um redimensionamento da noção/conceito de autoria? De que forma?

Ideia de pluralidade, dada a característica de hibridização e polifonia da linguagem hipermídia.

Talvez o lugar principal no qual vários instrumentos podem ser utilizados na produção de sons e, no diálogo entre si.

A ideia de imersão também aqui é fundamental.


Arlete dos Santos Petry

Comments are closed.